É uma Carmem que, com certeza, você nunca havia assistido. Ou melhor ainda, que você, posso arriscar, nunca esperaria assistir. A produção de Carmen, do diretor Barrie Kosky, está em cartaz na Royal Opera House de Londres. Estreou em 2016 em Frankurt, passou por Londres no ano passado e agora retorna para Covent Garden na temporada de inverno. Esta Carmem, criada pelo australiano Kosky, diretor da Komische Oper Berlin, companhia com sede em Berlim, é livre de tradições, de convenções e também dos clichés que estamos acostumados. Está aí justamente o ponto alto para quem vai em busca de algo…